Pacotes de entrega podem afetar segurança de condomínios

Com o isolamento social para evitar a disseminação do Covid-19, aumentou o número de compras pela internet feita por moradores de condomínios. Os pacotes de entrega podem se transformar em risco para a segurança do condômino e de seus vizinhos se forem descartados com etiquetas e notas fiscais intactas.

De posse das informações contidas nessas etiquetas e notas, um golpista pode clonar cartões de crédito, abrir contas e obter empréstimos. Ou invadir o condomínio dizendo ser de alguma empresa de manutenção, dizendo atender a um chamado da pessoa sobre a qual obteve os dados nas etiquetas de entrega.

Também com informações sobre o morador, o vigarista pode ligar para a residência da vítima e encontrar um filho ou uma doméstica do outro lado da linha. O bandido fornece alguns dados da vítima para passar credibilidade e tenta obter outros que estejam faltando para completar o golpe.

Por isso, os síndicos devem lembrar a seus condôminos sobre a importância de que, antes de descartar as embalagens de compras, certifiquem-se de haver destruído toda e qualquer etiqueta ou papel com suas informações como os números do CPF, do RG e do telefone, além de nome e endereço. E que descarte também as etiquetas rasgadas em lixo separado, em vez de amassadas dentro do próprio pacote.

A providência ajuda a melhorar o nível de segurança nos condomínios.

Facebooktwittergoogle_plus
Conteúdo: Nota Bene Editora | Designed by HospedaNit.