Condomínios terão novo reajuste de água em julho

A concessionária Águas de Niterói publicou em seu site a estrutura tarifária que está vigorando até junho de 2022 (veja na tabela). Em julho, a empresa já está autorizada pela prefeitura niteroiense a aplicar novo reajuste, desta vez de 4,14 por cento sobre a tarifa referencial de água de novembro de 2021.

Os condomínios residenciais são os que pagam mais. Com o reajuste aprovado pela Prefeitura, através da Emusa, o metro cúbico passou a custar R$ 4,3679, segundo a tabela progressiva para os consumidores domiciliares que gastam até 15 mil litros mensais.

No caso dos condomínios, esse tipo de consumidor paga a tarifa mínima estimada de 15 metros cúbicos vezes o número de unidades existentes no prédio. O volume de água que ultrapassar o mínimo tarifado é cobrado de acordo com uma tabela progressiva, que chega a R$ 34,9432 por metro cúbico na faixa acima de 60 metros cúbicos marcados no hidrômetro.

Com a Taxa Referencial de Água (TRA) fixada para as contas de dezembro de 2021 a junho de 2022 em R$ 4,3679, cada unidade ligada à rede da concessionária tem que pagar outros R$ 4,3679 por estimativa de metro cúbico de esgoto produzido. De julho a dezembro deste ano, a TRA passará a custar 4,52.

Ao conceder este aumento total de 16,88%, a prefeitura de Niterói, através de ato da Emusa justificou que aplicava o reajuste “de forma diferida (em duas partes), em razão do atual cenário econômico. No entanto, o índice fixado em 16,88% representa um valor cerca de 70 por cento acima da inflação medida pelo IBGE. O IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) registrado no acumulado de doze meses, segundo o  IBGE, ficou em 10,74%.

Conteúdo: Nota Bene Editora | Designed by HospedaNit.
CLOSE
CLOSE